sábado, 20 de fevereiro de 2016

Bolo de Chocolate Vitória

Caros leitores,

I must admit!!! Nunca fui muito boa a fazer doces, bolos e bolinhos.

O desastre era sempre o resultado mais que esperado: bolachas demasiado cozidas, pudins líquidos, bolos que não cresciam. 

Caros leitores, aprendi que o tempo é o nosso melhor amigo no caso de querer fazer um bolo e, podem não acreditar, mas quando fazemos as coisas com a dose certa de amor, carinho e dedicação, o resultado pode ser o tão esperado.

Este é o meu primeiro bolo de chocolate que... não sobrou uma fatia para contar história, que mal saiu do forno desapareceu num ápice (nem se importaram que estivesse quente). Por isso, decidi chamar-lhe Bolo de Chocolate Vitória...não apenas porque o consegui fazer, mas porque existe uma pequena princesa na minha vida que assim se chama...

Para ela e para vocês, Bolo de Chocolate Vitória

A medida é sempre a mesma: uma chávena de chá/ café de pequeno almoço:
  • 1 chávena de leite morno
  • 3 ovos
  • 4 colheres de manteiga/ margarina derretida
  • 2 chávenas de açúcar (coloquei metade)
  • 1 chávena de chocolate em pó culinário
  • 2 chávenas de farinha (para bolos)
  • 1 colher de sopa de fermento
video







Eu fiz aquilo que a que chamam  "bolo de liquidificador", que facilita muito a tarefa de bater os ingredientes, mas posso utilizar a batedeira. Se optares pela batedeira, o bolo fica mais fofo e tens que estar atento ao mix da manteiga/ margarina: se esta não ficar bem misturada, o bolo fica "enqueijado".




sábado, 13 de fevereiro de 2016

Menu Valentines Day...with friends

Pois é, amanhã é Dia dos Namorados. Dia de São Valentim, o bispo, que mesmo com a proibição dos casamentos por parte do imperador Cláudio, continuou a unir os jovens casais que queriam contrair matrimónio, acabando preso e decapitado!!!

Ora, não somos muito de comemorar o dia de São Valentim. Consideramos que este é demasiado comercial e pelo que vemos na sociedade que nos rodeia, mais parece o dia "faz de conta que está tudo bem".

Não temos nada contra os casais que decidem ir jantar fora juntos, num ambiente rodeado de corações e rosas vermelhas, locais cheios de tantos outros casais que aproveitam este dia para "trocar juras de amor eterno", mas consideramos que o dia de São Valentim deve ser...todos os dias!!! 
Sim, aqui no nosso lar, o dia de partilhar juras de amor eterno é todos os dias...Um casal constrói-se com o tempo, com a partilha, respeito, cumplicidade, adiciona-se uma dose generosa de amor, uma enorme pitada de amizade e tempera-se com companheirismo. E esta receita, que não tem milagres, nem truques, trabalha-se todos os dias e acrescentam-se ingredientes todos os dias.

Por isso, decidimos passar este fim de semana de São Valentim de lareira acesa, com um belo vinho na mesa e rodeados de amigos, com um jantar com o seu quê de especial, ladeado de memórias deste jovem casal que descobriu que a amizade que tinha se transformava a olhos vistos num amor sem igual, na mesa escondida de um pequeno (e maravilhoso) restaurante italiano escondido numa "vila inóspita do norte".

Hoje, trazemos o "nosso" Serenata para a nossa casa!!!
Ni & Toby in Rome



Prometo colocar aqui as receitas, mas para já vou começar a preparar esta noite de amor...amizade...companheirismo...e de mais recordações!!!


Feliz dia dos Namorados...todos os dias!!!

Ni...


quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Economia em Casa: Ravioli no Forno

Minhas queridas amigas (e amigos) da cozinha,

Não pensem que para comer bem precisamos de gastar muito dinheiro nas nossas refeições. É possível fazer refeições diárias por 5.00 €?! Facto comprovado: conseguimos!! Como?! Umas pequenas dicas...

Para este prato eu gastei em compras aproximadamente 5.00 €. Para uma família de quatro pessoas, gastaremos 10.00 € no máximo. Relembro que somos uma mini família, dois adultos e no nosso pequeno cocker spaniel (que não janta à mesa, embora queira).
Passo nº 1: decide o que queres jantar. No meu caso, sai tarde e já tinha programado ravioli.
Passo nº 2: vê o que tens no frigorifico/ armários que possas usar. Eu tinha dois dos ingredientes que precisava
Passo nº 3: se te faltam ingredientes, vai comprar!!!

Sugestão: Ravioli no Forno

Para 4 pessoas:
  • 2 embalagens de ravioli fresco (1,99 € * 2)
  • 2 polpas de tomate (0.94 € * 2)
  • 200 g cogumelos frescos  (1,69 €)
  • 400 g de bacon (tiras) (1,49 €)
  • manjericão (a gosto)
  • pimento (a gosto)
  • Total: 9,04 €
Precisas de um tabuleiro de ir ao forno.
Forra o fundo do tabuleiro com molho de tomate (polpa de tomate com água e temperada com manjericão), acrescenta o ravioli, lamina os cogumelos, dispõe pequenos pedaços de bacon e pimento cortado finamente. Acrescenta mais molho de tomate e faz mais uma camada de ravioli e demais ingredientes. Termina cobrindo com molho de tomate e leva ao forno cerca de 25 m (pré aquecido a 200 º), tapado com folha de alumínio.

Retira, polvilha de mozarela e leva ao forno mais 10 minutos.




Depois digam-me como ficou!!!

 Bacio 

Ni














segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

New rule in the House: Sunday is Brunch Day

Quantas vezes nos filmes vimos aquela actriz famosa a dizer "vamos tomar um brunch?!"?! Falo concretamente do Sexo e da Cidade, onde as 4 amigas se juntavam à mesa para saborear uma refeição que não era bem o pequeno almoço, mas também não servia de almoço. A isso chamam "brunch", um junção de "breakfast" com "lunch".

Aqui em casa, aos domingos, não há hora de levantar ou almoçar (só há  quando temos visitas) e muitas vezes isso complica o que comer, o que cozinhar e a que horas almoçamos já que tomamos o pequeno almoço às 12.00 da manhã.

É por estas e por outras que decidimos instaurar aqui o Brunch Day ao domingo. Porquê?


Primeiro, facilita-me bastante a vida, uma vez que sou eu a cozinhar!!

Segundo, se eu fizer um pequeno almoço mais "reforçado" não vou sentir a necessidade de a meio da tarde comer um hambúrguer no pão, uma pizza ou uma massa (que faz bem pior se eu acabei de comer à 2.00 horas uma bela torrada com compota).

Este foi o nosso primeiro Brunch e eis o que estava na nossa mesa

  • Bebidas: Café quente, leite de soja achocolatado & Sumo de Frutos Vermelhos
  • Pão de centeio acompanhado de requeijão fresco & compota ligth de morango
  • Ovos mexidos com pimento e salsa
  • Tortilhas recheadas com presunto e requeijão, tostadas;
  • Taça de frutos vermelhos com kiwi, iogurte grego & granola.

Resultado: satisfação plena e domingo à lareira a namorar!!!!


Para quem gosta de aproveitar bem o domingo, experimentem este Menu de Sunday Brunch!!1


Da vossa

Ni...

Visitem a minha cozinha no Facebook


sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

American Aple Pie

An aple a day keeps the doctor away


A minha metade leva esta mensagem verdadeiramente à risca. Eu nunca conheci ninguém, mas mesmo ninguém que coma tantas maçãs como ele. Melhor, que goste tanto de maçãs como ele. Todos os dias, o Tobias ingere mais do que uma maçã e fica verdadeiramente desconsolado quando na fruteira não há maçãs.
Não é que não coma outra fruta, mas se lhe derem a escolher entre uma maçã minorca ou uma pera suculenta, ele nem hesita e come a maçã.
Por isso, não se admirem que as sobremesas com maçãs sejam tão frequentes: é aquela peça de fruta que nunca pode faltar lá em casa.

 

Tarte de Maçã Americana (a verdadeira, dos filmes)

Precisas:
  • 2 bases de massa quebrada
  • 6 maçãs Fujy ou Royal Gala
  • 3 colheres de sopa de açúcar mascavado
  • 1 colher de chá de canela
  • 1 limão
  • 3 colheres de sopa de manteiga
Primeiro, forra a tua forma com uma das bases de massa quebrada.
Depois, descasca as maçãs, corta em cubos (grosseiros) e recheia a base.

Corta tiras de massa quebrada e dispõe por cima da anterior. Prende bem as extremidades das massas.
Num tacho, coloca a manteiga, acrescenta o açúcar, a canela e claro, o sumo do limão. Mexe bem cerca de 2 a três minutos.
Verte este preparado sobre a tarte, polvilha com grãos de açúcar mascavado e leva ao forno pré aquecido a 180º durante 40 minutos.





Voilá, cá está a nossa tarte de maçã!!!





Esta tarte pode ser comida quente ou fria, acompanhada por uma bola de gelado de baunilha ou nata!

Como não podia deixar de ser, a minha metade tece as melhores (ou piores) críticas às minhas aventuras culinárias e desta vez disse-me que "menos limão ficaria melhor". Como eu usei o sumo de dois limões, aconselho: usem apenas sumo de um limão!!


Espreita a minha Cozinha no Facebook