quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Pizza de Mozzarela & Couve Flor

Ouvi alguém falar no ginásio que era possível fazer pizza de...couve flor...Achei estranho, mas resolvi experimentar!!!
 
Vamos precisar:
  • 1 couve flor
  • 1 ovo
  • mozarela ou queijo parmesão a gosto (usei mozarela)
  • sal, pimenta e orégãos.
 
Primeiro, lava a couve flor, corta em pedaços e tritura tudo com ajuda da liquidificadora ou da varinha. Leva ao micro-ondas por 3 minutos e acrescenta a mozarela e o ovo. Mistura tudo muito bem, molda a gosto, cobre com os ingredientes que mais gostas e voilá, ready to eat...

 
Da vossa
Ni....

PS: se experimentarem, digam como correu...

 

terça-feira, 24 de novembro de 2015

Pescada com Mozzarela & Chips de Batata Doce

Porque o peixe faz bem à saúde!!!

Pescada com Mozzarela & Chips de Batata Doce

Tempo: 50 minutos

Precisas:
2 postas de pescada do chile grande
1 alho francês
1 tomate grande
sal, pimenta, noz moscada e salsa q.b.
azeite q.b.
1 mozarela fresca

Começa por cortar o alho francês às rodelas e coloca num tabuleiro de ir ao forno. Corta o tomate em rodelas e coloca metade sobre o alho francês. Coloca as duas postas de pescada e tempera com sal, pimenta, noz moscada e salsa a gosto. Rega com azeite (não ensopes de azeite) e leva ao forno por 40 minutos (pré aquecido a 180º graus).

Retira a tua pescada do forno, cobre com duas rodelas de tomate e mozarela fresca. Leva a gratinar durante 5 a 10 minutos e está pronto!!!


Enquanto isso, corta a tua batata doce em rodelas muito fininhas. Tempera com orégãos e sal. Acrescenta azeite e mexe bem as rodelas para misturar os ingredientes.


Num tabuleiro grande, coloca papel vegetal e dispõe as rodelas de batata doce (coloca uma a uma). Leva ao forno durante 30 minutos e voilá, prontas a comer.



 
Bom apetite!
 
Da vossa
Ni...

sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Porco com Ananás & Molho Agridoce

Lembro-me que nos meus tempos de estudante universitária, os nossos jantares de amigas mensais tinham que ser em locais económicos. Em vez de irmos ao McDonalds, descobrimos um pequeno restaurante chinês no qual fomos experimentando alguns dos seus pratos...O mais escolhido era porco com molho agridoce. 

Como hoje "perdi a cabeça" com um abacaxi, relembrei os tempos de faculdade e cá saiu...

Porco com Ananás & Molho Agridoce

Tempo: 50 minutos

Vamos precisar:

  • 1 kg de lombo de porco sem osso
  • 1 colher de pimentão doce
  • noz moscada
  • sal
  • tomilho
  • azeite
Começa por cozer a carne de porco. Depois de cozida, deixa arrefecer, corta aos cubos e tempera com noz moscada, pimentão doce, sal e uma pitada de tomilho. Leva a alourar em azeite e quando estiver dourada, desliga e reserva.




Para o molho (ah pois é, vamos fazê-lo em casa):
  • 2 colheres de sopa de vinagre
  • 1 colher de sopa de molho de soja
  • 3 colheres de sobremesa de açúcar (mascavado, branco ou amarelo)
  • Meio pacote de polpa de tomate
  • gengibre (cerca de 2 cm)
  • 3 dentes de alho
  • azeite
  • 3 fatias de ananás aos cubos
  • Meio pimento cortado em cubos grosseiros
Raspa o gengibre e os alhos com ajuda de um raspador. Acrescenta o azeite e deixa fervilhar. 
Acrescenta a polpa de tomate, o vinagre, o molho de soja e quando estiver a ferver, o açúcar.
Baixa a temperatura e mexe até o açúcar começar a fervilhar (se estiver demasiado espesso, acrescenta uma chávena de café de água). Está na hora de colocar os pimentos e o ananás, deixa fervilhar e desliga.

Num prato de servir dispõe o lombo de porco e cobre com o molho agridoce.
Acompanha com arroz branco ou noodles chineses



Bom apetite!!

Da vossa 
Ni...

Dica:
  • podes acrescentar molho de tabasco ou mesmo uma malagueta ao molho agridoce se o quiseres mais picante

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Dica Culinária: Arroz Re-aproveitado

Muitas vezes nas nossas casas fazemos arroz em excesso para ficar para os restantes dias, mas  podemos re aproveitar com muita imaginação o nosso arroz em vez de simplesmente aquecer e cobrir com o molho de carne ou peixe.
 
Cá vai uma dica culinária comida simples, prática e boa:
 
Tempo: 10 minutos
 
Precisamos
  • arroz preparado
  • três ovos
  • salsichas  de peru/ frango (4 a 6)
  • 1 lata de cogumelos
  • 1 lata de milho
Pré aquece o forno a 180 º.
Coloca o teu arroz num tabuleiro de ir  ao forno. Acrescenta os cogumelos, o milho e as salsichas cortadas às rodelas. Com a ajuda de um garfo mistura todos os ingredientes.
Bate 3 ovos, tempera com ervas aromáticas e verte sobre o teu arroz. Mistura bem e leva ao forno por 10 minutos.
Acompanha com um grelhado de carne ou peixe e bom apetite.
 
 
 
 
Da vossa
Ni...
 
 
Dicas para arroz:
  • Salada de arroz fria: acrescenta alface, tomate, pimento, milho e rúcula, com duas a três colheres de sopa de arroz. Podes temperar com azeite e ervas aromáticas ou, para os mais gulosos, envolve com maionese.
  • Arroz no tupperware: congela os excessos de arroz em tupperwares herméticas e congela. Mantém o mesmo sabor e quando precisares é só descongelar e aquecer no micro-ondas ou no forno.

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

Cogumelos recheados com Alheira

Sabiam que as alheiras foram "inventadas" pelos judeus para enganar a Inquisição?! Como não comiam carne de porco e um dos "sinais" utilizados pela Inquisição para os acusar era a ausência de "fumeiro" (chouriças, presuntos) na lareira, então os judeus fizeram um enchido à base de carnes brancas (frango, peru, pombas) e pão. 

Tradicionais são as de Mirandela, que dizem ser divinais.

Para leitores mirandelenses ou não mirandelenses, aqui fica 
Cogumelos recheados com Alheira

Tempo: aprox. 50 minutos

Vamos precisar:

  • 2 alheiras
  • 1 cebola pequena
  • 6 cogumelos Portobello (ou outros, grandes)
  • pimenta
  • sal
  • 100 ml de molho bechamel
  • salsa seca
  • sal q.b.
  • azeite

Começa por lavar bem os teus cogumelos. Seca-os com ajuda de um espremedor de salada e corta-lhe os pés.

Pica finamente os pés dos cogumelos e a cebola. Leva a refogar numa frigideira com azeite. Se gostares, acrescenta bacon ou presunto aos cubos (100 g).

Retira a pele da alheira, corta-a às rodelas e acrescenta ao preparado dos cogumelos. Tempera com um pouco de pimenta e salsa seca. Acrescenta o molho bechamel e envolve bem



Num tabuleiro de ir ao forno coloca os teus cogumelos virados para cima e tempera com sal, pimenta e ervas aromáticas (eu usei oregãos). Recheia com a alheira e leva ao forno cerca de 20 minutos.

Serve quente, acompanhado de arroz branco e salada de legumes.

Bom apetite!!

Da vossa
Ni...


Dica:
Eu fiz como prato principal. Podes usar a mesma receita para entrada: usa cogumelos mais pequenos e cobre com queijo ralado. Deixa ir ao forno cozer durante 15 minutos, cobre com o queijo e mais 5 minutos e ficam prontos a comer!!!

domingo, 15 de novembro de 2015

Bolo de Cenoura da Tia

Tenho uns tios "emprestados". Ambos já passaram dos oitenta...e a tia deve ser uma das pessoas mais doces que tive a oportunidade de conhecer e estar na minha vida. E porque a vida é cheia de recordações e muitas dessas recordações trazem consigo os cheiros de uma bela cozinha, hoje resolvi fazer um dos bolos mais apreciados pelo meu pai, feitos pela tia, e que é a primeira receita que copiei de um caderno antigo de receitas dela, religiosamente guardado na gaveta da cozinha e já com imensas folhas soltas.


Por ser uma homenagem a ela, hoje presenteio-vos com o Bolo de Cenoura da Tia...Lurdes

Tempo: 40 minutos

Precisas:
  • 4 cenouras grandes
  • Raspa de meio limão
  • sumo de 1 limão
  • 2 a 3 cascas de limão
  • 1 pau de canela
  • 200 g de açúcar (usei mascavado)
  • 4 colheres de farinha
  • 4 ovos
Primeiro, descasca as cenouras, corta em rodelas e coloca a cozer com a casca de limão e o pau de canela. Quando estiverem cozidas, reduz a puré de cenoura (retira as cascas e o pau de canela antes).

Segundo, parte os ovos, acrescenta lentamente o açúcar e vai batendo com a batedeira. 
Peneira a farinha para misturares com os ovos, acrescenta a raspa de limão e o sumo do meio limão

Pré aquece o forno a 180º

Terceiro, acrescenta o preparado da cenoura com a ajuda de uma espátula e bate durante 2 minutos a velocidade média.

Num tabuleiro, forra com papel culinário, untado com manteiga e farinha. 

Deita o preparado no tabuleiro e leva ao forno durante 25 minutos

Por fim, espeta um palito, deixa arrefecer um pouco no forno (5 a 10 minutos), retira e desenforma.


Acompanha com um café :-) e bom apetite!!



Da vossa 
Ni...

Dicas:
  1. A cenoura cozida já é bastante doce, por isso podes reduzir a quantidade de açúcar até às 150 g.
  2. Fica muito bom acompanhado com uma bola de gelado de baunilha.







sábado, 14 de novembro de 2015

Lulas e Ameijoas Rosé com Legumes Salteados

Já fui uma rapariga com excesso de peso e por isso quando me falam em dietas ou receitas de dieta, admito que sou a primeira a experimentar para ver se são ou não boas.

Falaram-me da Dieta dos 31 dias, então numa das minhas idas ao continente encontrei o livro As receitas da Dieta dos 31 dias de Agata Roquete. Coloquei-o no meu cesto de compras e lá fui para casa experimentar.

Esta foi a receita que segui esta semana e devo admitir, que ficam muito boas!

Lulas Rosé com Ameijoas 

Vamos precisar (tempo: aproximadamente 30 minutos):
  • 500 g de lulas ou potas (eu optei por lulas em argolas da Pescanova, que ficam cozidas em 5 minutos)
  • cebola picada q.b.
  • 2 alhos picados
  • salsa fresca q.b.
  • 2 colheres de polpa tomate
  • azeite q.b.
  • 250 g de ameijoas vietnamitas (aquelas branquinhas e pretas)
Começa por colocar numa panela a cebola, o alho picado e o azeite. Deixa refogar um pouco e acrescenta as lulas. Tapa e deixa cozinhar um pouco (acrescenta água se achares necessário). Quando estiverem cozidas, tempera com sal, salsa fresca a gosto, um pouco de pimenta e acrescenta as duas colheres de polpa de tomate. Cobre com as ameijoas, tapa a panela e quando as ameijoas abrirem, está pronto a servir.

video


Para acompanhar fiz: 

Legumes Salteados com Ovos Mexidos
  • 1 courgette
  • meia beringela
  • 1 cenoura
  • 1 pimento (verde ou vermelho)
  • meia cebola
  • azeite
  • sal
  • 3 ovos
Corta a beringela, a courgette e as cenouras aos palitos, os pimentos às rodelas e as cebolas em meias luas.
Numa wok coloca um pouco de azeite no fundo, acrescenta os legumes e rega-os com azeite (não muito). Vai salteando com ajuda de uma espátula e quando estiverem a ficar cozidos, acrescenta uma colher de molho de soja, salsa seca e, se apreciares, oregãos. Deixa refogar um pouco.
Numa taça, bate três ovos. Deita-os numa frigideira e vai mexendo até ficarem "bem mexidos". Tempera com um pouco de sal e acrescenta aos teus legumes. 

Voilá, bom apetite.

Da vossa
Ni...

Visitem a minha página do Facebook

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Peitos de Frango com Especiarias & Risotto de Cogumelos

Adoro risotto, embora não me considere grande especialista decidi este domingo aproveitar o sol que entrava pela janela para me aventurar nas manhas do risotto.

Para hoje sugiro Peito de Frango com Especiarias & Risoto de Cogumelos

Vamos precisar:

  • dois peitos de frango
  • 1 colher de tomilho
  • 1 colher de pimentão vermelho
  • sumo de meio limão
  • Pimenta
Para o Risotto
  • 150 g de cogumelos laminados (em lata)
  • 1 copo de vinho branco
  • sal
  • quejo q.b.
  • oregãos q.b.
  • salsa picada q.b.
  • meia cebola picada
  • dois dentes de alho
  • água q.b. 
  • 500 g de risotto (optei pelo Caçarola)
  • queijo parmesão q.b. (eu usei Limiano ralado na hora)

Pré aquece o forno a 220 º.

Num almofariz coloca: 1 colher de sobremesa de tomilho e outra de pimentão doce vermelho, sumo de meio limão espremido e pimenta a gosto (nada de acrescentar sal). Amassa tudo muito bem.



Faz golpes transversais nos peitos de frango e barra com a mistura de ervas.

Forra um tabuleiro de ir ao forno com sal (deve ficar com 1 cm a 1,5 m de espessura de sal) coloca os teus peitos de frango (os vapores do sal tratam do resto do tempero) e leva ao forno 35 minutos.



Para o risotto: pica bem fininho os alhos e a cebola. Leva a refogar com azeite até ficar bem dourada. Acrescenta o vinho branco e depois o risotto
Deixa cozer um pouco e acrescenta água até cobrir o risotto. Tempera com sal, oregãos e salsa picada. Deixa cozinhar e acrescenta os cogumelos.
Vai mexendo, para não colar no fundo do tacho. 



O truque do risotto é cozinhar em temperatura alta, acrescentando água sempre que necessário até cozer. Se colocares em temperatura baixa, fica muito similar ao arroz.

Quando estiver bem cozido e pouca calda, acrescenta o queijo. Mexe bem e quando estiver derretido, está pronto a servir com o teu frango.



Bom apetite!!!

Da vossa
Ni...

terça-feira, 3 de novembro de 2015

Polvo com Crosta de Broa & Ervas


Olá, apeteceu-me polvo!!! Sabiam que o polvo é um molusco, rico em nutrientes e pouco calórico?? Mesmo que estejamos de dieta é um bom alimento e pode ser confeccionado das mais variadas formas e feitios.


O grande inconveniente do polvo: deves cozer de véspera, cerca de 45 minutos com uma cebola (truque da mãe)

Esta receita vi na revista de receitas do Lidl, que devo dizer é de extrema utilidade quando queremos aprender a comprar num supermercado com marcas próprias, como é o caso. Melhor ainda, oferece sempre uma série de cupões de desconto que podes utilizar nas tuas próximas compras.

Polvo com Crosta de Broa & Ervas´

Ingredientes:

  • 1 polvo médio cozido
  • 5 dentes de alho
  • 3 tomates frescos
  • 1 colher de tomilho
  • 1 colher de oregãos
  • 1 molho de salsa
  • 3/ 4 fatias pequenas de broa de avintes (podes utilizar qualquer tipo de pão)
  • azeite & sal q.b.
Este prato demora cerca de 40 minutos a ficar pronto!!!

Começa por picar o teu alho, bem fininho, colocar no tacho e deixar refogar em azeite até ficar dourado.
Descasca os tomates, corta-os em quartos e coloca no teu picador. Rela bem e acrescenta ao preparado do alho e tempera com um pouco de sal.


Enquanto o tomate coze, pré-aquece o teu forno a 180 º.
Parte a broa em pedaços bem pequenos e acrescenta a salsa já picada, os oregãos e o tomilho. Amassa com a ajuda de um almofariz e rega com azeite. Mistura bem os ingredientes e reserva.


Corta o teu polvo em pedaços médios e rega com o preparado de tomate e alho, acrescentando por fim a mistura de broa e ervas. Leva ao forno a tostar durante 20 minutos.

Serve acompanhado com batatas e feijão verde cozido.





Nhami nhami...

Da vossa
Ni...

Dica: quando comprares o polvo, coze de imediato e congela em metades. Quando te apetecer durante a semana é só descongelar.

E sal só usas se realmente gostares de comida apuradérrima: o polvo já é salgado o suficiente.

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Cuscuz com Tomate, Pimento & Mozzarela

Este fim de semana tive aqui a prima a lanchar. No meio de tanta conversa, ela perguntou-me "que raio é essa coisa do cuscuz??! Tu só usas coisas estranhas na tua comida...estou curiosidade".

Para começar o cuscuz é um prato de origem árabe. Trata-se de um preparado de sêmola de cereais (mais à base de trigo).

Grande vantagem: prepara-se super rápido e tem inúmeras aplicações culinárias (até podemos usar em doces sabiam?).

Por isso, a minha sugestão para usares o cuscuz em vez de arroz é:

Cuscuz com Tomate Fresco, Pimento & Mozzarela Fresca:


  • 2 manadas de cuscuz ou 4 chávenas de café cheias de cuscuz
  • água q.b.
  • oregãos,
  • sal
  • azeite
  • 8 a 10 tomates cherry
  • meio pimento
  • 1 mozzarela fresca

Primeiro, numa taça coloca o teu cuscuz, cobre com água e reserva até a água desaparecer...E voilá, estão prontos!


Corta o os teus tomates a meio, o pimento e a mozzarela aos cubos.

Separa o teu cuscuz com a ajuda de um garfo (os grãos libertam-se), tempera com um fio de azeite, oregãos e sal a gosto. Mexe bem e acrescenta os tomates, o pimento e a mozzarela.

Envolve bem todos os ingredientes e leva ao microondas durante aproximadamente 2 minutos.
E já está, pronto a comer!!! Nhamiiiii

Acompanhei com panadinhos de frango!!!!

Bom apetite!
Ni...

Visite agora a nossa página no Facebook




domingo, 1 de novembro de 2015

Índia in my kitchen: Caril de Frango

A minha mãe é uma excelente cozinheira. Com ela aprendi inúmeros pratos e muitos truques. Basicamente, adoro a minha mãe. 
Mas existe um prato que ela faz, fantástico, que o meu pai adora...Acho que todos lá em casa adoramos e até o meu namorado, que nunca tinha provado, ficou fá a primeira vez que comeu.

Hoje, domingo, decidi tentar fazer o prato especial da minha mãe, que ela aprendeu em Moçambique e hoje acompanha inúmeras das nossas refeições em família.

Especiaria tipicamente indiana, utilizada em inúmeros pratos, conhecido de uns, desconhecido de outros, o caril é aquele pó amarelo que faz a delícia dos meus...

Por isso,  Índia  to my kitchen...Caril de Frango.

Vamos precisar (para quatro pessoas):
  • 1 frango em metades
  • 50 g de caril em pó
  • meio pimento
  • 1 cebola pequena
  • 2 colheres de sopa de polpa de tomate
  • 2 latas de leite de coco
  • 2 dentes de alho
  • 1 malagueta
  • 1 bom punhado de salsa
  • sal q.b.
  • azeite q.b.
Vamos começar por cozer o frango em cebola e com dois dentes de alho. Quando estiver cozido, deixa arrefecer e desfia-o (eu fiz isto no dia anterior).

Depois, num tacho coloca um fio de azeite, a cebola, o alho e o pimento bem picados. Deixa refogar e acrescenta a malagueta, as duas colheres de polpa de tomate e a salsa.
Ferve e acrescenta uma das latas de leite de coco e metade do teu pó de caril. Deixa ferver e rela todo com ajuda de uma varinha.

Acrescenta o teu frango desfiado e vai mexendo. Se tiver pouca calda, acrescenta mais um pouco de leite de coco e lentamente o restante caril. Tempera com sal e deixa cozinhar uns 20 minutos. 
Está pronto a servir.


Acompanha com arroz branco, um salada verde e umas "chips" de cenoura cruas!!!



O caril deixa um cheiro bastante adocicado pela casa. Deve ser serviço quente e com um travo picante. Sem a malagueta não é a mesma coisa.

Da vossa
Ni...